Filmagem marca 8ª edição da Caravana Geopark Corumbataí

A 8ª reunião da Caravana Geoparque Corumbataí ocorreu no município de Piracicaba e foi realizada em 27 de novembro de 2018, às 19h, no Anfiteatro da Biblioteca Municipal Ricardo Ferraz de Arruda Pinto, localizado à Rua Saldanha Marinho, nº 333, no Centro de Piracicaba.

Na ocasião, estiveram presentes várias autoridades, entre elas, o Prefeito de Piracicaba, Barjas Negri, o secretário de Defesa do Meio Ambiente da Prefeitura de Piracicaba, José Otávio Mentem, membros do Grupo de Trabalho (GT) do Projeto Geopark Corumbataí, e estudantes de graduação e pós-graduação das universidades Unesp e Unicamp.

Como nas outras edições, ocorreram as exposições dos integrantes do GT.

Entre as explanações, a apresentada pelo professor do Instituto de Geociências e Ciências Exatas da Universidade Paulista (UNESP) de Rio Claro, José Eduardo Zaine, intitulada ‘Patrimônio Geológico: Potencial e base para criação do Geoparque Corumbataí, SP’. Nela o geólogo e professor Zaine comentou, inicialmente, sobre o salvamento de uma coquina (um tipo de concha fóssil), realizado na porção norte da cidade de Rio Claro, entre o Distrito Industrial e o bairro Santa Clara II, realizado sob o acompanhamento de profissionais da área de Geologia, em abril de 2018. Trata-se de uma grande descoberta na Bacia do Rio Corumbataí, em Rio Claro, região que também faz parte do Projeto Geopark Corumbataí, como pode ser lido com mais detalhes por meio do endereço: http://geoparkcorumbatai.com.br/2018/06/.

Confira abaixo o vídeo com as explicações do geólogo José Eduardo Zaine sobre a região da Bacia do Corumbataí, sob o ponto de vista geológico e arqueológico na última edição desta Caravana do Projeto Geopark Corumbataí.

A outra palestra desta última edição da Caravana foi feita pela professora de Direito da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Luciana Cordeiro de Souza Fernandes, chamada ‘Geoparque: instrumento para promoção do desenvolvimento socioeconômico regional’, como pode ser conferido na filmagem a seguir.

A noite foi marcada por muitas perguntas, dúvidas, questionamentos e argumentos.

O secretário de Defesa do Meio Ambiente da Prefeitura de Piracicaba, José Otávio Mentem, enxergou a proposta de um Geoparque na Bacia do Corumbataí como um grande projeto generalista, em vista de terem sido apontados na oportunidade diversificados aspectos sociais, ambientais e turísticos.

Um diferencial nesta última fase da Caravana foi a escolha por parte do GT de gravar as exposições dos representantes da equipe, o que evidencia um registro do evento, e marca o encerramento da primeira etapa de uma Caravana itinerante nas oito cidades do território, feita pelo Projeto Geoparque Corumbataí. A Caravana do Projeto Geopark Corumbataí não possui o objetivo de ser finalizada, pois a refere-se apenas ao início dos trabalhos que ainda serão desenvolvidos no território da Bacia do Rio Corumbataí, além de ser um importante meio de comunicação e estratégia de divulgação desta iniciativa.

A próxima etapa se baseia no preenchimento dos formulários de cadastro de pontos de interesse para o futuro Geoparque Corumbataí, como também a formação de um Grupo de Trabalho para figurar como interlocutor entre os demais municípios e a equipe do Projeto Geoparque Corumbataí. Com o final das visitas em todas as cidades localizadas no território da Bacia do Rio Corumbataí será finalizado um inventário do patrimônio da Bacia do Corumbataí, e realizado um evento com todos os municípios, na Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp (FCA), em Limeira.

Confira a seguir a última filmagem do evento, na qual o diretor do Instituto de Geociências e Ciências Exatas da Unesp de Rio Claro, Prof. José Alexandre Perinotto, diz sobre a importância da realização de um inventário com o objetivo de levantar quais são as áreas que possuem potencialidades geológicas, culturais, turísticas, cênicas, arqueológicas, entre outras, que existem na região de Piracicaba. Tal levantamento deve ser feito pela própria comunidade local e/ou regional.

O formulário também pode ser encontrado no seguinte endereço eletrônico:
http://geoparkcorumbatai.com.br/publicacoes/formulario-de-cadastro-de-pontos/ e preenchido por moradores, trabalhadores e empreendedores das cidades de Analândia, Charqueada, Corumbataí, Ipeúna, Itirapina, Rio Claro, Santa Gertrudes e Piracicaba.

Nathalie Gallo – Jornalista
MTB – 0082608/SP
(19) 9 9741-6195
E-mails: n209462@dac.unicamp.br / ngallo.mestranda@gmail.com
PROJETO GEOPARK CORUMBATAÍ
Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS – IG
Mestranda em Ensino e História de Ciências da Terra

Reunião da Caravana Geopark Corumbataí acontece em Piracicaba no dia 27

Reunião da Caravana Geopark Corumbataí acontece em Piracicaba no dia 27

Entre os objetivos é discutir sobre o desenvolvimento do turismo geológico desde Analândia até Piracicaba.

 

A 8ª edição da Caravana Geopark Corumbataí acontece na próxima terça-feira,  27, às 19h, no Anfiteatro da Biblioteca Municipal Ricardo Ferraz de Arruda Pinto, localizado à Rua Saldanha Marinho, nº 333, no Centro de Piracicaba. A reunião é gratuita e aberta ao público.

Convite Caravana Geopark em Piracicaba - 27 de novembro terça feira, às 19h no anfiteatro da Biblioteca de Piracicaba. Apoio Unesp, Unicam, Consórcio PCJ, Serra do Itaqueri e Prefeitura de Piracicaba

A Caravana Geopark Corumbatai é uma série de encontros que ocorre uma vez por mês em cada município pertencente ao Projeto Geopark Corumbataí, com o intuito de discutir questões relacionadas à implementação de um Geoparque na região da Bacia Hidrográfica do Corumbataí, território composto pelas cidades: Analândia, Corumbataí, Charqueada, Itirapina, Ipeúna, Rio Claro, Santa Gertrudes e Piracicaba.

Programação da Caravana Geopark Piracicaba
Programação da Caravana Geopark Piracicaba

O objetivo do evento é reunir o Grupo de Trabalho (GT) do Projeto Geopark Corumbataí, composto por representantes da Universidade Paulista (Unesp de Rio Claro), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba,  Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ), com Prefeituras, população e empreendedores locais, para expor o conceito de Geoparque como promotor da conservação do patrimônio natural, educação ambiental e sentimento de pertencimento,  ecoturismo e desenvolvimento sustentável, e apresentar a geodiversidade e as potencialidades locais e regionais.

Após as apresentações é aberto um espaço de diálogo entre os presentes, para que possam se manifestar sobre o assunto. Ao final, a equipe de trabalho distribui fichas de cadastro para preenchimento dos pontos de interesse para o futuro Geoparque e suscita a formação de um Grupo de Trabalho local para figurar como interlocutor entre as partes.

Ao todo, já ocorreram sete reuniões, cada uma em um município do território da Bacia do Corumbataí e Piracicaba configura o último encontro da Caravana neste ano de 2018.

Sobre a Caravana Geopark Corumbataí

Outras informações podem ser obtidas por meio do site geoparkcorumbatai.com.br ou através da página do Facebook: https://www.facebook.com/GeoparkCorumbatai/

Geoparque

Geoparques ou Geoparks são áreas geográficas onde sítios e paisagens de relevância geológica são administrados com base em um conceito de proteção, educação e desenvolvimento sustentável. Dessa forma, é estimulada na população a criação de atividades econômicas suportadas na geodiversidade da região, quer seja de caráter turístico, cultural, arqueológico, arquitetônico, etnográfico, gastronômico.

Convite Caravana Geopark em Piracicaba - 27 de novembro terça feira, às 19h no anfiteatro da Biblioteca de Piracicaba. Apoio Unesp, Unicam, Consórcio PCJ, Serra do Itaqueri e Prefeitura de Piracicaba
Convite Caravana Geopark em Piracicaba

Os Geoparques são responsáveis por estimular e fornecer às comunidades locais a oportunidade de desenvolver parcerias, com o objetivo de conservar processos e características da evolução geológica da área.

 

Nathalie Gallo – Jornalista
MTB – 0082608/SP
(19) 9 9741-6195
E-mails: n209462@dac.unicamp.br / ngallo.mestranda@gmail.com
PROJETO GEOPARK CORUMBATAÍ
Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS – IG
Mestranda em Ensino e História de Ciências da Terra