UNESP Rio Claro participa de encontros Brasil-Portugal de Geodiversidade e Geoconservação

Equipe participante dos eventos em Ponta Grossa

A segunda semana de outubro foi marcada pelo IV Simpósio Brasileiro de Patrimônio Geológico e pelo II Encontro Luso-Brasileiro de Patrimônio Geomorfológico e Geoconservação. Os eventos, que ocorreram concomitantemente na cidade de Ponta Grossa – PR, contaram com 7 participantes da equipe da UNESP de Rio Claro.

Os 5 dias de evento foram marcados pela participação em cursos, palestras, debates, estudos de campo, além da apresentação de trabalhos. Um dos destaques foi o curso “Geodiversity & its role in Geoconservation” ministrado pelo professor escocês Murray Gray que contou com 2 dias de aprendizados teóricos e práticos. Diversos especialistas de vários países participaram dos encontros como o espanhol Enrique Martínez e o português José Brilha que proferiu a Palestra Magna no Cine Teatro Ópera de Ponta Grossa.

Palestra Magna com o Prof. Dr. José Brilha da Universidade do Minho – Portugal

Os debates ocorridos ao longo da semana também contaram com a participação de membros do Serviço Geológico Brasileiro (CPRM), Departamento Nacional de Pesquisa Mineral (DNPM), Ministério Público Federal (MPF), Ministério do Turismo, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e até da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Os trabalhos apresentados pela equipe da UNESP Rio Claro abrangeram estudos sobre: A Geodiversidade de Ilha Bela (SP); Geossítios de Buriti dos Lopes (PI); achados fósseis de elevado valor didático em Rio Claro (SP), e um projeto de criação de Parque Geológico como forma de recuperação de área minerada, também em Rio Claro.

Durante a reunião de Geoparques aspirantes, o Prof. José Eduardo Zaine apresentou para a comunidade presente o Projeto Geopark Corumbataí, recebido de forma positiva devido ao rápido desenvolvimento dos trabalhos para a sua implantação.

Prof. Dr. Zaine apresenta o Projeto Geopark Corumbataí para a comunidade, com coordenação dos especialistas Dr. Carlos Schobbenhaus (CPRM), Prof. Dr. Marcos Nascimento (UFRN) e representante da UNESCO Massimiliano Lombardo.

O período de imersão na temática Geodiversidade/Geoconservação foi muito importante para a equipe participante. Além de trocar experiências com os mais de 260 inscritos, o grupo da UNESP teve a oportunidade de conhecer o estado da arte dos trabalhos atuais e ter contato com diversas referências nacionais e internacionais, bem como estreitar os laços entre os projetos de Geoconservação em andamento no país.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: